Sala de Imprensa Clippings

BUSCAR CLIPPINGS   
30/12/2017

Cresce o potencial de São Paulo nos finais de semana

São Paulo está deixando de ser conhecida como “a cidade do trabalho”. Apesar do setor de eventos corporativos ser sólido, de acordo com o Observatório do Turismo cerca de 70% dos visitantes da capital paulista são motivados por negócios, o turismo aos finais de semana demonstra crescimento exponencial nos últimos anos. Segundo o estudo “A Ocupação dos Hotéis no Final de Semana em São Paulo” do São Paulo Convention & Visitors Bureau (SPCVB), com dados do Observatório do Turismo, a tendência é o sábado e o domingo continuarem a se aproximar dos dias de semana na questão de ocupações nos hotéis.

Observado o período de janeiro a setembro, em 2016, a diferença entre a ocupação nos hotéis de São Paulo geral e no final de semana foi de 5,94%, menor que em 2012, quando a diferença ficou em 11,91%.


Na esquina mais famosa da cidade – São João x Ipiranga – o Bar Brahma reina desde 1948 (Foto: divulgação)
Já a diária média dos hotéis, analisada no mês de janeiro de 2012 a 2016 mostra o empenho da hotelaria em manter o desenvolvimento dos finais de semana na cidade. A relação entre diária média e taxa de ocupação é inversamente proporcional. O presidente executivo do SPCVB, Toni Sando, explica que em janeiro, por ser um mês de férias, a menor diária média faz crescer a ocupação nos hotéis, criando um equilíbrio entre os meses do ano. “O oferecimento deste preço em hotéis de qualidade de São Paulo cria um atrativo especial para os visitantes que procuram conforto e lazer por valores mais competitivos. Pode ser uma alternativa para que a hotelaria mantenha sua taxa de ocupação, com pacotes e promoções”, explica.


Carnaval de São Paulo cresce a cada ano – Foto: Roberto Maia
Enquanto isso, o mês de carnaval, que normalmente acontece em fevereiro, dispensa essa redução na diária média. Prova disso foi 2015, em que, de acordo com o Observatório do Turismo, o número de turistas nacionais que vieram à capital paulista assistir aos desfiles das escolas de samba aumentou 22% comparado a 2014. E para 2017, segundo a Secretaria Municipal de Cultura, o número de blocos para o Carnaval de Rua vai crescer: serão 495,61% maior que em 2016, que teve cerca de 300 blocos. “Essa ampliação do carnaval paulistano possibilita o aumento das diárias médias, já que cada vez mais visitantes vêm apreciar essa época do ano na cidade”, disse Sando.

Turismo de lazer nos finais de semana

De acordo com o SPCVB, os finais de semana na capital se destacam pelo turismo de lazer que a cidade oferece com museus, casas de shows, bares, passeios, compras e a quarta melhor vida noturna do mundo, além das mais famosas atrações turísticas, como o Parque do Ibirapuera, considerado um dos dez melhores parques em âmbito global, e a Vila Madalena, que é um dos vinte bairros mais descolados do mundo.


Parque do Ibirapuera – Foto: Pixabay
O resultado do desenvolvimento nos finais de semana e a popularização do lazer em São Paulo é o aumento na taxa de ocupação não só nos hotéis, mas também nos hostels paulistanos. Nesses dias, no primeiro semestre de 2016 a ocupação nos hostels cresceu 28,6% em relação ao semestre anterior, totalizando a ocupação de 49,40% com a diária média de R$47,00.

Toni Sando garante que a tendência é a cidade continuar crescendo no aspecto de diversão e lazer: “São Paulo é muito diversificada. É uma cidade tradicionalmente de eventos corporativos, e que também recebe os turistas de braços abertos aos finais de semana, com seus pontos turísticos e gastronomia refinada. Não é à toa que os números são positivos. Em 2012, os finais de semana nos hotéis contaram com 53,52% de ocupação no semestre e 54,68% no ano todo. E no primeiro semestre de 2016 foram registrados 55,01%. Levando em consideração a média histórica, pode-se chegar a 56,41% para o ano todo, o maior valor entre os períodos analisados.”


Foto: arquivo pessoal Toni Sando
Com 33 anos e primeiro Convention & Visitors Bureau da América do Sul, o SPCVB é uma fundação estadual de direito privado, sem fins lucrativos, que congrega mais de 750 associados-mantenedores, representando todos 40 segmentos do trade turístico paulista. Seus objetivos são a ampliação do número de visitantes e o aumento de sua estadia por meio da captação e suporte a eventos, promoção e programa de capacitação.

Informações: visitesaopaulo.com

Fonte: Travelpedia

Busca Agenda

+ busca avançada Buscar   
  XIII ESFE
  ÍNDICE DE PREÇOS - TRIVAGO
Personal Guides

Vídeos

7388755

Podcast com todos os eventos acontecendo semanalmente

  SPCVB 33 anos

Twitter

Parceiros